Tags

por Austri Junior

10485491_1448342812085852_1354280125589116389_oÊxodo 33:11a

– Versão Pastoral (Ed. Paulus):
“Javé falava com Moisés face a face, como um homem fala com o amigo.”

– Versão NVI (On Line):
“O Senhor falava com Moisés face a face, como quem fala com seu amigo.”

– Versão Vulgata Latina (On Line):
“loquebatur autem Dominus ad Mosen facie ad faciem sicut loqui solet homo ad amicum suum.”

– Versão King James (On Line):
“And the LORD spake unto Moses face to face, as a man speaketh unto his friend.”
***

Moisés tinha intimidade com Deus, e Deus “falava com Moisés face a face, como um homem fala com o amigo.” Isso é maravilhoso demais! Moisés buscava Deus e Deus se deixava encontrar. Deus dava essa liberdade, abertura e confiança ao seu servo. Moisés sabia fazer uso dessa confiança, desse amor, dessa liberdade que o seu Senhor lhe concedia, para interceder, pedir, clamar pelo povo. Moisés pedia, Deus atendia. Deus era tão amigo de Moisés que lhe concedia até a sua Glória, para que Moisés experimentasse um pouco desse poder.

Se Deus, em sua magnitude pode fazer isso com um simples e imperfeito mortal, porque nós em nossa insignificante humanidade (comparada com a Grandeza do Senhor), não podemos dar liberdade aos nossos liderados, e confiar neles e em nós mesmos, segundo a capacitação que lhes damos (pois Deus capacitava Moisés o tempo todo)? Porque não falamos com os nossos assistentes como a um amigo, como Deus falava com Moisés? Ao invés disso, muitos lideres tratam os seus auxiliares e liderados como capachos, cidadãos de segunda, terceira…, quinta classe, e os exploram e os sobrecarregam de tal forma, que o fardo lhes fica impossível de ser carregado, levando-os muitas das vezes, à desistência. Isso se dá dentro e fora das igrejas, e pior se torna, quando é uma pessoa que se diz cristã, que pratica tal ato. Podemos estender essa reflexão muito além do campo eclesiástico e profissional (local de trabalho secular), como por exemplo, à família e aos amigos.

Por outro lado, na condição de Servo do Senhor, devo sempre olhar para dentro de mim mesmo e observar duas situações:

1ª – Estou agindo com as pessoas ao meu redor como Deus agia com Moisés, falando-lhes como um amigo?

2ª – Deus fala comigo como falava com Moisés? (Não literalmente como no texto).

Precisamos ter vida com Deus, buscá-lo sempre, e conversar com o Senhor sobre todas as coisas, momentos e situações e Ele conversará conosco “face a face, como quem fala com seu amigo.”

A Graça do Deus Amigo seja conosco em todo tempo e lugar!
Tenham todos um bom dia, e que a Paz do Senhor Jesus abunde o nosso espírito a fim de fazermos o que é certo e compreender a mensagem além do intelecto e da razão, sem deixar que a emoção cegue a nossa visão. Um grande beijo no coração de todos, amigas e amigos da nossa Página A Lâmpada!

Austri JuniorTeólogo
***

Leiam o capítulo 33 do livro do Êxodo por inteiro, construam as suas conclusões e nos ajude construir outras interpretações:

Êxodo 33:1-23
Disse mais o SENHOR a Moisés: Vai, sobe daqui, tu e o povo que fizeste subir da terra do Egito, à terra que jurei a Abraão, a Isaque, e a Jacó, dizendo: À tua descendência a darei.
E enviarei um anjo adiante de ti, e lançarei fora os cananeus, e os amorreus, e os heteus, e os perizeus, e os heveus, e os jebuseus,
A uma terra que mana leite e mel; porque eu não subirei no meio de ti, porquanto és povo de dura cerviz, para que te não consuma eu no caminho.
E, ouvindo o povo esta má notícia, pranteou-se e ninguém pôs sobre si os seus atavios.
Porquanto o Senhor tinha dito a Moisés: Dize aos filhos de Israel: És povo de dura cerviz; se por um momento subir no meio de ti, te consumirei; porém agora tira os teus atavios, para que eu saiba o que te hei de fazer.
Então os filhos de Israel se despojaram dos seus atavios, ao pé do monte Horebe.
E tomou Moisés a tenda, e a estendeu para si fora do arraial, desviada longe do arraial, e chamou-lhe a tenda da congregação. E aconteceu que todo aquele que buscava o Senhor saía à tenda da congregação, que estava fora do arraial.
E acontecia que, saindo Moisés à tenda, todo o povo se levantava, e cada um ficava em pé à porta da sua tenda; e olhava para Moisés pelas costas, até ele entrar na tenda.
E sucedia que, entrando Moisés na tenda, descia a coluna de nuvem, e punha-se à porta da tenda; e o Senhor falava com Moisés.
E, vendo todo o povo a coluna de nuvem que estava à porta da tenda, todo o povo se levantava e cada um, à porta da sua tenda, adorava.
E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois tornava-se ao arraial; mas o seu servidor, o jovem Josué, filho de Num, nunca se apartava do meio da tenda.
E Moisés disse ao Senhor: Eis que tu me dizes: Faze subir a este povo, porém não me fazes saber a quem hás de enviar comigo; e tu disseste: Conheço-te por teu nome, também achaste graça aos meus olhos.
Agora, pois, se tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que me faças saber o teu caminho, e conhecer-te-ei, para que ache graça aos teus olhos; e considera que esta nação é o teu povo.
Disse pois: Irá a minha presença contigo para te fazer descansar.
Então lhe disse: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faças subir daqui.
Como, pois, se saberá agora que tenho achado graça aos teus olhos, eu e o teu povo? Acaso não é por andares tu conosco, de modo a sermos separados, eu e o teu povo, de todos os povos que há sobre a face da terra?
Então disse o Senhor a Moisés: Farei também isto, que tens dito; porquanto achaste graça aos meus olhos, e te conheço por nome.
Então ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória.
Porém ele disse: Eu farei passar toda a minha bondade por diante de ti, e proclamarei o nome do Senhor diante de ti; e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem eu me compadecer.
E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face, e viverá.
Disse mais o Senhor: Eis aqui um lugar junto a mim; aqui te porás sobre a penha.
E acontecerá que, quando a minha glória passar, pôr-te-ei numa fenda da penha, e te cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado.
E, havendo eu tirado a minha mão, me verás pelas costas; mas a minha face não se verá.

Anúncios