Tags

Teologia por Austri Junior

10422459_1446137945639672_6556783217187352859_n

Após louvar à Deus pelo grande feito de ter livrado o povo da morte, abrindo as águas do mar Vermelho, Israel partiu dali em direção ao deserto de Sur (cf. v. 22). Ao chegar no deserto, encontraram águas amargas “E o povo murmurou contra Moisés, dizendo: Que havemos de beber?” (Êx 15:24). Moisés então clamou ao Senhor (entenda-se por “clamar”: pedir): “E ele clamou ao Senhor, e o Senhor mostrou-lhe uma árvore, que lançou nas águas, e as águas se tornaram doces…” (Êx 15:25).
Quando pedimos ao Senhor, e Ele sabendo das nossas necessidades e urgências reais, nos dará de prontidão. Os problemas de Moisés estavam só começando.

Todo pastor, sacerdote, líder, professor/educador…, sabe o quanto é difícil lidar com pessoas, assembleias, salas de aulas… Gente é algo complicado, e quem não possui o fruto do Espírito ( Gl 5:22), o chamado, e o Dom de Deus, com certeza não conseguirá levar adiante a missão. Estar diante de tão grande responsabilidade por glória, fama ou dinheiro é perda de tempo. Moisés foi escolhido e teve muitos problemas. Nós também teremos, e em muitos momentos pensaremos em desistir, e muitos de nós desistirão. Precisamos saber certamente onde Deus quer que operemos, então mudaremos o foco. Ficar em uma posição por orgulho ou teimosia só nos trará um resultado: a queda vergonhosa.

Moisés estava com Deus, e Deus estava com Moisés, orientando e guiando-o, para que ele pudesse orientar e guiar aquele povo ainda incrédulo e rebelde, mesmo diante de tantos e grandiosos milagres e sinais.

O Senhor abençoe e guarde a sua vida, dando-lhe sabedoria, e derramando sobre cada um de vós o fruto do Espírito, seja você, ovelha ou pastor. Leia o capítulo 15 do livro do Êxodo e construa as suas próprias conclusões, e nos ajude construir outras interpretações.

Graça, Paz e bem aos vossos corações,
Austri Junior – Teólogo
***

Êxodo 15:22-27
Depois fez Moisés partir os israelitas do Mar Vermelho, e saíram ao deserto de Sur; e andaram três dias no deserto, e não acharam água.
Então chegaram a Mara; mas não puderam beber das águas de Mara, porque eram amargas; por isso chamou-se o lugar Mara.
E o povo murmurou contra Moisés, dizendo: Que havemos de beber?
E ele clamou ao Senhor, e o Senhor mostrou-lhe uma árvore, que lançou nas águas, e as águas se tornaram doces. Ali lhes deu estatutos e uma ordenança, e ali os provou.
E disse: Se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante de seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos seus mandamentos, e guardares todos os seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque eu sou o Senhor que te sara.

Anúncios