Campanhas nas redes sociais 

Sempre defendi o uso das redes sociais e da internet com responsabilidade social. Nestes últimos tempos temos visto a sociedade utilizar-se amplamente do twitter e do facebook para propor, divulgar e promover vários tipos de campanhas sociais e de campanhas pela vida, e entre essas campanhas nas redes sociais, está várias manifestações contra a corrupção na sociedade brasileira. No dia 7 de Setembro o Brasil protestou contra a corrupção promovendo a “Marcha contra a Corrupção”, na madrugada da última segunda feira, a ONG Rio de Paz fincou na areia de Copacabana 593 vassouras sugerindo a varredura da corrupção dentro do Congresso Nacional Brasileiro, na próxima terça feira, a mesma entidade fará uma manifestação em Copacabana e no aterro do flamengo, utilizando-se de cartazes com a foto de uma munição de revólver com os dizeres: “A Corrupção Mata.”
A corrupção mata
A corrupção no Brasil tem matado de várias formas e todos os dias e todas as noites, na surdina das patrulhas dos policiais corruptos que tramam a morte de juízes que combatem a corrupção, no abandono do sertão nordestino, onde imperam a seca e a fome, que matam as crianças e também os animais que muitas das vezes são a única fonte de renda das famílias tão sacrificadas. A corrupção mata através dos descasos das autoridades nos mais diversos campos de atuação: na sujeira do Congresso Nacional, na calada da noite nas comunidades onde reinam as milícias bandidas, na caveira mórbida que acompanha o tráfico de drogas, nas propinas que andam pelas meias e pelas cuecas, na indústria das liminares, nas regras absurdas impostas pelas administradoras dos planos de saúde aos médicos e aos pacientes, nas aposentadorias fantasmas dentro do INSS…
É muito dinheiro escorrendo pelo ralo!
Basta de tanta corrupção
O povo brasileiro não aguenta mais tanta corrupção nesse país. Em nove meses de governo da Dilma, já caíram cinco ministros. A corrupção no governo Lula “rolou solta”. E não é de hoje nem de agora que a corrupção impera na sociedade brasileira. Desde a época do império que esse país vem sendo arrasado, espoliado, assolado, maltratado, solapado, vilipendiado pela corrupção praticada inúmeras vezes pelos corruptos e pelas corruptas no seio do Brasil.
Fora com eles!
Precisamos nos indignar, sim! Precisamos protestar, sim! Precisamos mobilizar as pessoas, as entidades e intuições, as redes sociais, escrever em blogues, promover manifestações e dar o troco nas urnas. Mas, sobretudo, dar um basta na corrupção precisa começar e acontecer primeiramente em nós: Precisamos ser éticos!
O Brasil está intoxicado de tanta corrupção
Quando comprarmos qualquer coisa que seja, temos que exercer a cidadania e pedir a nota fiscal. Nunca, e jamais, comprar produtos piratas: CD, DVD, tenis, camisa, bonés. Se não podemos pagar, fiquemos sem, mas pirataria jamais. O Brasil lidera o ranking mundial na comercialização de produtos piratas. Não devemos vender o nosso voto, aumentar o preço das notas e serviços, “dar um jeitinho”, cobrar de acordo com a “cara do cliente”, comprar no camelô (mesmo sabendo que ele precisa trabalhar), comprar mercadoria suspeita, ou roubada, porque está mais barata. Lembre-se: A ética começa em casa! Deve começar em mim e em você que devemos ensinar aos nossos filhos, e ensinar-lhes que eles precisam ensiná-la aos nossos netos, e assim sucessivamente. A ética é um rico e imensurável tesouro, um grande legado para a humanidade. Se for perdida, deve ser buscada, até que seja encontrada e guardada a sete chaves dentro de nós. É uma questão de valores e princípios. Isso é o que vai nos diferenciar do mau caráter, do ladrão, do corrupto, do ser vil que tanto desprezamos e criticamos quando assistimos na TV, ou lemos no jornal os seus atos abomináveis de corrupção sem fim.
Austri Junior
Anúncios